sexta-feira, janeiro 13, 2006

Mensagem Franscisco Amorim "O Tio" 13 Jan 06


Ontem, dia 12, o barco ficou quase totalmente reparado: leme, enrolador da genoa, etc. Só falta o rádio, mas está tudo sob controle. O comandante saíu para fazer um teste, deu uma velejada na baía de Luanda e regressou satisfeito. Bom sinal e bons augúrios para o regresso.
À tarde fomos recebidos, com a mesma simpatia e carinho de sempre, no Club Náutico de Luanda - o antigo Nun´Álvares - que está em grande recuperação, belas instalações, a piscina perfeita, a fazer campeões de natação, além da escola de vela. Toda a direção reunida, sensacional, ofereceram-nos um "lanchinho" em que entraram quitetas, choquinhos fritos e outras coisas "horríveis" que, neste momento devem estar a fazer inveja (e saudade!) a muita gente!
O presidente do Club, Dr. Murias, é filho de um amigo meu que foi durante mais de 20 anos professor nesta terra! Os nomes de toda aquela simpática, e muito eficiente direção do Club serão indicados noutra .
Hoje o "tio" foi recebido pelo vice Governador de Luanda, Arqto.Bento Fragoso Soito, que em nome do Governador recebeu o nosso Abraço e o livro que o Prefeito do Rio lhe mandou. Muito simpático, novo, consciente do enorme esforço que Angola enfrenta para ressurgir e alcançar o lugar que, sem dúvida vai ter entre as grandes Nações, ficamos todos torcendo para que seja um promissor coadjuvante da reconstrução desta Angola, de que falaremos mais tarde.
Neste momento o Comandante e o Mateus estão na sessão especial na Faculdade de Medicina, de onde já também se adivinham ações de grande importância e significado para mais unir o Brasil a Angola, mas que só o nosso Prof. Dr. Comandante poderá dar notícias.
Amanhã passaremos o fim de semana no Mussulo - ilha - mas navegaremos no belo catamaran do Nico Pereira de Almeida.
Vamos ver se poderemos ainda dar mais notícias na segunda feira antes de enfrentarmos novamente este largo "rio" Atlântico que agora, com o nosso Abraço ficou mais estreito!
E está lançado o repto: neste momento o "Mussulo" -barco - e sua tripulação detêm um record mundial: campeões indiscutíveis da travessia Brasil - Angola, à vela, sem escalas! Já se começa a esboçar um movimento de velejadores angolanos para retribuirem o abraço, mas o que todos desejamos é que muito outros, quer de Angola, Brasil ou de outro qualquer lugar, tentem nos tirar esse "palmarés" o que, sem dúvida, nos daria a maior satisfação!
Ainda é meio sonho, meio realidade estarmos nesta terra. Quando acordarmos... confirmaremos se tudo isto foi, ou tem sido, verdade, ou se foi só um sonho, bonito.
Abraços a todos os que continuam a nos acompanhar.
Francisco Amorim "O tio".

4 comentários:

Ivo Korytowski disse...

"Tudo vale a pena quando a alma não é pequena". Aqui do Rio de Janeiro venho acompanhando com admiração essa travessia digna dos antigos navegantes lusitanos por mares nunca d'antes navegados! Que sirva para estreitar os laços entre Brasil e Angola. E que a nação angolana consiga cicatrizar suas feridas e cumprir seu destino!

Zenilda Gil disse...

Parabéns meu amor pela homenagem que recebeu em nome do seu pai, seu coração deve estar saltitante.
"Emoção a flor da pele".
BJS.
ZG

zaritaferraz@hotmail.com disse...

Sagres iniciou os ensinamentos da arte de navegar e, assim, presenteou o novo mundo com o prazer que existe na busca por "mares nunca dantes navegados".

Navegar é o escapar para além da fronteira física.
É a busca pela aventura e paixão, é ver as cores do céu mudando com o brilho do sol e da lua.

Desejo que tenham um regresso feliz e que sejam muito bem recpecionados pelo vosso feito.

Encaminhei o seguinte cometário
para a central do Globo Esporte - Gostaria de vos informar sobre um feito de 2 angolanos que vivem em S.Paulo e um brasileiro que fizeram um feito historico. “Mussulo” -barco - e sua tripulação detêm um record mundial: campeões indiscutíveis da travessia Brasil - Angola, à vela, sem escalas!
Por favor entrem no site desta aventura http://www.abracoavela.com/ e vejam que bela matéria voces terão em mãos.
Tomara que seja dada bastante importancia a este fato e que eles sejam recepcionados pela Rede Globo, ao chegarem ao Rio de Janeiro.

Desde já, parabéns por ligar afetivamente atraves do oceano os dois paises que são realmente irmãos...Brasil e Angola.
zarita ferraz

João Xavier M.Santos disse...

Parabéns, amigo Francisco Amorim, e demais bravos tripulantes do Mussulo! Um grande abraço de São Paulo capital,